TRANSCENDÊNCIA.

Minha foto
Meu nome completo é Ivone Henriques Sato, sou casada e feliz por ter encontrado o amor em minha Vida com "V" MAIÚSCULO,como costumo dizer e escrever, aqui deixo meus pareceres sobre a Vida, minha linda e amada Vida que ganhei de presente. Sim, de presente, viver é mesmo um lindo presente, portanto agradeço imensamente, principalmente aos meus familiares queridos, meu casal de filhos, casados, felizes, meus netos amados, dois lindos casais, hoje estão ficando adolescentes, eu, ah, sou uma sexagenária feliz da vida!!!

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

"Eu acredito no respeito pelas crenças de todas as pessoas, mas gostaria que as crenças de todas as pessoas fossem capazes de respeitar as crenças de todas as pessoas."José Saramago

Acredito na Vida, mas na minha Vida, no que sinto, no que percebo, na intuição, quem quiser pode até dizer "sexto sentido", eu até creio que tenho um sétimo, mas são crenças minhas, essas que me dão alicerce para minha caminhada!
Tem quem diz que há alienação nas fés, mas tem também quem diz que é na fé que se encontra  o esteio da vida.
Há muitas coisas que não conseguimos definir em palavras ditas e/ou pensadas. 
Quem diz que é o dono da verdade está totalmente equivocado, discutir crenças é o mesmo que dar murros em ponta de faca e eu nunca discuto, tampouco desrespeito as crenças seja de quaisquer pessoas, pois crer é algo tão pessoal, tão exclusivo, tão de cada um.
Eta vida boa, quem dera ainda veremos o respeito que todos merecem por suas crenças e fés!
Seria bom se cada qual aprendesse com suas próprias experiências, mas melhor ainda seria se, observando os erros "dozotros" pudéssemos aprender e nunca criticar para o mal, somente observar, aprender e seguir sem nos magoar e tampouco magoar aos outros!

Ivone

terça-feira, 29 de agosto de 2017

O ser que somos.

"Nossa humanidade encontra sentido na doutrina da reencarnação, mas acaba se decepcionando com essa ideação, pois não consegue atualizar a memória de seus outros personagens; quando foi poderosa, miserável, homem, mulher, do bem, do mal e tantos outros roteiros disponíveis no incrível supermercado existencial. Não há nada mais misericordioso do que o esquecimento, pois se tivéssemos de nos lembrar de existências anteriores não nos sobraria tempo para existir na atual. Além do quê, do ponto de vista cósmico, produzimos muito pouca coisa que mereça ser lembrada, a maior parte do tempo existimos numa periferia da consciência e não fazemos nada definido, participando de um limbo que limita o atrevimento para desvendar o mistério do ser que somos e que aguarda para iluminar-nos de dentro para fora." Oscar Quiroga 

Assim como Quiroga, também acredito em reencarnação e que bom que é o fato de não nos lembramos das vidas passadas, pois acredito que basta as lembranças da que aqui temos e nos sentimos o tempo todo nos culpando, vigiando, amando, estudando e nunca alcançando a plena realização! 
Vivemos "gerundiando" o tempo todo e nem sempre é o tempo suficiente! Ainda bem que acredito que tenho chances sem fim! 
Seguirei minha convicção, pois pra mim é de grande consolação, embora não podemos viver sempre em estado de conformação, eu não me conformo com coisas que vão contra meu modo de sentir a vida, pois a única coisa verdadeira que existe é o sentir, pois se sente e sentir é a única coisa verdadeira, até ódio, raiva, tristeza são sentimentos verdadeiros, respeitar os sentimentos , eis a unica coisa que respeito e muito, em mim e em todas as pessoas que fazem parte de minha vida ou não!

Ivone

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

"Sentir a Vida" um texto cujo título só foi sugerido, a minha amiga Dorli desenvolveu e ficou assim:

"-Aqui só, sentada nessa cadeira não me entristeço, pois a vida me foi camarada. Moro numa casa enorme  cheia de crianças, é o orfanato que meu companheiro comprou cinco meses antes de morrer.
Não tive filhos, mas adotei duas meninas lindas para que eu pudesse sentir a vida quando ficasse sozinha. As duas se casaram e tiveram dois filhos cada. São lindos, estudiosos e antes de ir  à escola os quatros vêm me abraçar e beijar. Hoje, todos moram comigo.
Aqui onde estou sentada é o único lugar tranquilo que achei no orfanato para namorar meu falecido, não estou louca não, pois aqui sinto o seu cheiro e sinto a vida mais tranquila. 
Às vezes me chateio de cá ficar vou junto as crianças que me chamam de vó, "puxa vida", como é bom ter a companhia delas.
Sentir a vida é viver o hoje com a tempestuosidade dessas maravilhosas crianças sentadas ao meu redor pedindo que eu conte lindas histórias e conto. Agora com mais tempo ouço o cantar dos passarinhos que fazem ninhos nas enormes árvores.
Nesse orfanato tem de tudo: professores bem pagos e todos os serviçais.
Adoro quando vejo aquelas crianças se jogando do trampolim sempre monitoradas por dois professores e elas gritam: vem vó nadar...Eu rio a ingenuidade, não que não saiba, mas recordo quando a noite eu nadava com meu amor e ele sempre me dizia: você é minha vida e nos abraçávamos e namorávamos um pouquinho.
Bem, está na hora de me banhar numa enorme banheira com águas sulfurosas, depois de me vestir vou a uma grande sala tomar uma gostosa sopinha, conversar na varanda com filhas, genros e mais tarde  adentrar meu quarto, agradecer a Deus a vida feliz que me deu."

Esta postagem é para a minha amiga do coração Ivone
Se quiser postar no seu blog fique a vontade
Obrigada
Dorli

terça-feira, 22 de agosto de 2017

"Caminhante, não há caminho, o caminho se faz ao caminhar" Antonio Machado

Assim é a Vida, não podemos saber que caminho seguir sem antes sentir a nossa alma, o que queremos, o que nos faz vibrar, pois viver é mesmo algo tão especial, tão nosso, tão individual, podemos sim sentir e perceber as coisas boas ou ruins, mas caminhar, ah, nosso caminho somente a nós compete escolher qual seguir, para tanto há que se saber sentir!
Sorria, o sorriso ilumina o rosto de quem sorri e deixa as pessoas que nos veem sorrindo, se sentindo melhor, mais encorajados, pois apesar da vida não ser tão fácil, perfeita ou como a desejamos, ela é a Vida.
Eu escrevo a minha com "V" maiúsculo para nunca me esquecer que o que vale é viver.
Muitos problemas nem são nossos, já percebi que pegamos problemas "dozotros" e ficamos sofrendo e sofrendo por não ser possível resolvê-los!
Então sorria, decida ser feliz, diga a si mesma(o), "não carrego as dores do mundo", agradeça todas as coisas boas que você tem e todos os problemas que você sabe que não tem.
Pense nisso e seja feliz!

Ivone





quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Autoconhecimento?!

Tudo nessa vida é possível de sofrer alterações, sendo assim, nada de ficar presa na mesma ideia sem perspectiva de mudar. 
Tenho muitos amigos, mas nenhum são íntimos, sou pisciana desconfiada, isso não me dá o atrevimento de invadir as privacidades, não pergunto nunca nada que não seja a já que todos fazem, "como vai você?", pois nunca gosto de responder perguntas e creio que as pessoas também sintam assim, como eu, o desejo de seguir na vida sem precisar dar satisfações.
Minhas ideais mudam muito, algumas vezes eu pensei que era volúvel, mas não, pois quando tomo decisões essas são pra valer.
Aprecio discussões pelo prazer de vencer ideias opostas as minhas, mas sou muito afetuosa, generosa e sensível, mas não sou apaixonada por nada!
Quando percebo incertezas logo me fecho como uma ostra, nunca faço confidências, como já disse, desconfio de tudo, isso é bom e ao mesmo tempo ruim, pois as pessoas confundem tudo, dizem que isso é orgulho.
Quando me mantenho interessada em algo, isso eu o faço com toda dedicação, vou até as últimas consequências e faço acontecer, atraio por meio da minha persistência e não julgo nada e nem ninguém, pois tenho em mim algo que me diz o tempo todo o que posso ou não fazer, dizer, sentir, eis o meu dom da boa intuição!
Sou pensadora independente, não consigo trabalhar em equipe, sempre trabalhei por conta própria, isso fez de mim uma pessoa que gosta de ajudar, mas não tolero que abusem de minha ajuda e tirem proveito.
Amo a liberdade, mesmo casada tenho a pessoa certa ao meu lado, pois ao dizer o "sim" eu também disse que, não exitaria em dizer "não", seguindo a minha forma de ser, pois cada qual aqui vem só e só daqui irá!
Dei sorte, pois atrai pra mim a pessoa certa, amável, até agora juntos desde sempre, isso não é algo de tolerâncias mútuas, mas de amor verdadeiro, meu amor me atraiu e eu o atraí, fidelidade é algo que se precisa ter, não só com as pessoas, mas principalmente conosco mesmo!
Sou alegre por natureza, amo companhia, amigos e tudo, mas deixo ir todos os que precisam ir!
Um pouquinho do que aprendi nessa minha jornada de vida, escrevo por aqui, sem ser esnobe, sem ser o que esperam de mim!
Autoconhecimento?!
Eis algo que amo tentar aprender, me autoconhecer!

Ivone


quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Livre pensar, livre viver, livre ser, difícil, mas não é impossível!

"Livres-pensadores são aqueles que estão dispostos a usar sem receio de entender as coisas que se chocam com seus próprios costumes, privilégios ou crenças. Este estado de espírito não é comum, mas é essencial para pensar direito." Leon Tolstoi 
Quando eu penso em algo, em como fazer para conseguir realizar meus desejos de felicidade, penso em alguns tempos passados, quando eu iniciava na vida de estudante, de trabalho, de como fazer para conseguir encontrar algo bom para fazer, pois eram tantos sonhos, tantos planos, que quando estamos jovens e novatos em alguns empreendimentos, sempre vamos com fé e sem medos, eu nunca tinha medos, pois não tinha muito a perder, caía de "cabeça" em tudo, sempre dava certo, até alguns que tinham estudos avançados e queriam renovar não conseguiam o que eu conseguia em uma única tentativa. Todas as minhas primeiras tentativas davam certo, pessoas me perguntavam como eu conseguia isso, eu respondia simplesmente, "não sei, acho que é por eu não temer perder", nunca temia perder, não tinha orgulho, não tinha apego, não me prendia, acreditando nisso todas as coisas aconteciam bem do meu jeito, fui criando confiança em mim, não rejeitava nenhuma oportunidade, investia com fé e coragem, algumas vezes perdia, mas não me deixava abater, sabia que de novo iria fazer acontecer. 
Acho que é por isso que sempre escrevo aqui que viver pra mim é desapego, pois o que me dá essa liberdade e confiança é isso, não tenho medo de perder! Costumo dizer e escrever que, não preciso de dinheiro, quem precisa são meus credores, li isso e não sei de quem é a frase, mas adotei!
Quem vive sempre preso ao medo de perder, quem não arrisca, quem se preocupa muito no que as pessoas vão pensar ou dizer, sofrem e ficam bloqueadas, as energias se limitam! Difícil isso? Pode até ser, mas a Vida é assim, nos coloca em armadilhas sem fim quando não acreditamos em nossa capacidade de vencer obstáculos, acho que não gosto de pensar no "difícil", sempre penso que "vou conseguir", errar não é problema, ser criticada também não, já fui muito e me "vacinei" contra as negatividades das pessoas que não estão "na minha pele". 
Não vivo de lembrar o que aprendi em leituras, mas como vivi lendo a vida inteira, aprendi a pensar por mim mesma, sou "livre pensadora"! 

 Ivone

terça-feira, 8 de agosto de 2017

"Há ocasiões que é mil vezes preferível fazer de menos que fazer de mais, entrega-se o assunto ao governamento da sensibilidade, ela, melhor que a inteligência racional, saberá proceder segundo o que mais convenha à perfeição dos instantes seguintes." José Saramago

Muitas vezes ficamos sem saber quais atitudes tomar diante de situações que, com a nossa mente racional não se consegue resolver, aí então entra, em minha forma de entender a Vida, a boa e infalível intuição!
Como já disse por aqui, não sou religiosa, não vou em igrejas, não rezo, não fico maldizendo, tampouco deixo as coisas tomarem rumos desanimadores!
Mas tenho comigo uma coisa infalível, a palavra, nossa, essa que tem uma força incrível, acho que cria vida a palavra dita, até a pensada. 
Seguindo a boa orientação da frase do texto deixada, deixar a sensibilidade dizer o que a alma tem de fazer!

Ivone

sábado, 5 de agosto de 2017

"Um bom par de óculos, por vezes, basta para curar uma pessoa apaixonada." Nietzsche

Todos os desejos se manifestam e se concretizam quando nos desapegamos, quando sentimos que não precisamos deles, mas que os queremos, querer e precisar são duas coisas bem diferentes. 
A"atitude do jogo", a atitude de "querer" em vez de "precisar"! 
É ótimo querer sem nos apaixonarmos pelos nossos desejos, pois desejar precisando só causa dor, paixão nada mais é do que dor! 
A boa notícia é que existe uma cura para isso... A cura é o que Nietzsche receitou; Um bom par de óculos! 
O que ele quis dizer é que, se conseguirmos ver as coisas como elas realmente são, nunca nos apaixonamos por elas. “Ver as coisas pelo o que elas realmente são”, nada mais e nada menos. O maior caminho para o entendimento é perceber o quanto nossas percepções mudam a verdadeira realidade das coisas ao nosso redor. 
Para algumas pessoas, às vezes, as percepções fazem algumas coisas parecerem muito melhores do que elas de fato são, e elas começam a valorizar essas coisas mais do que a sua própria felicidade. 
Nenhum desejo, não importa o quão grande ele seja, é mais valioso do que você. Por isso, nunca sacrifique a sua felicidade pelos seus desejos. É claro que, não há nada de errado em apreciar as coisas belas e brilhantes, essas são os temperos da vida, mas se apaixonar por elas é um sinal de que você não está vendo-as como elas realmente são. 
A ironia é que, quanto mais você se apaixona por alguma coisa, mais você a coloca em um pedestal, e mais inacessível ela se torna (em caso do "benhê", nossa, se você o vê como um deus, ele vai cair do pedestal). 
Portanto visualize os seus desejos da maneira mais bonita para impressionar sua mente subconsciente, veja a realidade das coisas, sei que é difícil, mas se aprende, dessa forma você tem total controle das suas percepções, assim você não vai se apaixonar pelo seu desejo para sacrificar sua felicidade. Na verdade, você torna os seus desejos algo mais “pé no chão” e acessível, e assim você pode manifestá-los em sua vida atraindo até o "benhê" que tanto queres, mas não esqueça de pensar que não precisa dele para ser feliz, isso é entendimento... Isso é ser lúcido... É estar acordado!
Viver sem ter obrigatoriamente que sofrer, eu, particularmente amo o amor, amo viver, detesto sofrer, acho que todos nós detestamos sofrer, sendo assim... 
Cada qual sabe de si, eis a realidade!

Ivone

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Atração dos semelhantes!

Sempre que há algo a escrever por aqui, fico pensando em qual dos exemplos de vida que se tem para seguir, pois todo mundo sabe que a natureza é sábia, mais sábio ainda é o homem que sabe observar, estudar, pesquisar, exemplos temos e muitos, os grandes estudiosos ficaram anos pesquisando, tentando entender a vida de forma que seja tirada de letra, com facilidade, pois não acredito que as melhores coisas da vida seja conseguida com sofrimentos extremos!
Acho até que já escrevi sobre o exemplo do caranguejo, li em um artigo que me fora mandado por e-mail.
Diz assim: Se colocar um caranguejo em um balde, ele pode escapar, mas vários caranguejos em um balde, nenhum deles consegue escapar, pois assim que um deles começar a subir, os outros caranguejos irão alcançá-lo, agarrá-lo e puxá-lo para baixo! 
Simplificando, se quisermos realizarmos nossos sonhos, não devemos andar com pessoas que agem como caranguejos, puxando-nos para baixo, pois a vida é mesmo individual, só se consegue algo quando estamos livres, sozinhos em algumas empreitadas. 
Tentar passar mais tempo com pessoas bem sucedidas e que se preocupam conosco, de verdade, é difícil encontrar isso, mas existe!
Passar mais tempo e aprender com pessoas de sucesso, você se torna como eles. É contagioso! 
Atração dos semelhantes é bem assim!

Ivone